O desmame não deve ser forçado e caso a mãe não tenha leite ou por algum motivo esteja impossibilitada de amamentar sua cria, é preciso fazer uma intervenção humana com o oferecimento de leite próprio para cães. Jamais dê outros alimentos ou leite de outros animais, pois isso pode causar diarreia, desidratação e morte em bichos tão jovens.

puppies pomeranian and mother tfe3hsv

A partir dos 30 dias de vida, alguns cachorros começam a demonstrar certo interesse tanto na água quanto na ração. Em alguns casos, é legal que eles recebam antes uma papinha de desmame (produto veterinário) para iniciar essa transição alimentar. Com cerca de 50 dias, eles já conseguem comer ração sólida. Nesta fase, é bem importante se certificar de que a ração que está sendo oferecida é para filhotes, de boa qualidade e adequada para o porte e a raça do cãozinho. A cadela, com o passar dos dias, naturalmente vai se afastando e evitando que eles mamem, o que indiretamente os incentiva a buscar com alimento.

Com dois meses de idade, já é habitual que o cão coma somente a ração. É muito importante sempre aumentar a quantidade oferecida de acordo com sua idade e peso, pois é uma fase em que eles se desenvolvem muito rapidamente. A maioria das embalagens de ração apresenta informações bem pertinentes quanto à forma ideal de oferecer o alimento, sem exageros e nem restrições.

Dividir as refeições em três (manhã, tarde e noite) enquanto são filhotes é bastante válido para evitar que fiquem muito tempo em jejum e para que não se excedam comendo tudo de uma só vez. É normal que os filhotes, assim que acabam de comer, eliminem o “resto” da refeição anterior, por isso, é possível prever a hora do xixi e do cocô mais facilmente, aproveitando também para educá-lo sobre onde deve fazer suas necessidades ao levá-lo assim que terminar de comer até o local escolhido em sua casa como “banheiro”.

Com o passar dos meses, o cão ainda deve receber alimentos para cães filhotes. Se você tem um pet adulto em sua casa, o ideal é que eles façam as refeições em locais distintos para não correr o risco de “trocarem” as rações. Petiscos são bem-vindos especialmente se forem para ajudar no adestramento, mas nunca devem ser dados em excesso. Vale lembrar que tudo o que o cão ingere além do indicado, assim como acontece com a gente, pode fazer com que ele ganhe peso.

Em geral, os cães são considerados adultos com um ano de idade, mas podem haver algumas variações… algumas marcas de ração e médicos veterinários indicam que cachorros de porte pequeno e mini passem a receber alimentos para adultos a partir dos 10 meses de idade enquanto os de porte gigante devem comer ração para filhotes até os 18 meses, mais ou menos. Converse com o profissional que acompanha seu animal para saber qual o alimento mais adequado neste momento.